SKF promove debate sobre os Materiais do Futuro: a revolução para a indústria?

Vivemos na era do aço e embora o aço continue a ser um elemento fundamental para a indústria, nos próximos anos, outros materiais alternativos estão a ser continuamente pesquisados e desenvolvidos para complementar o aço. Polímeros, materiais compostos e cerâmica são apenas alguns deles. Qual será o papel deles no futuro? E quão viáveis serão para a indústria de produção? A SKF está a promover o diálogo e a lançar ideias com uma nova edição do simpósio de partilha de conhecimentos chamado “Let’s Talk”. Especialistas debatem tendências da indústria como Digitalização, Ecologia Industrial e Contrafação na presença de uma plateia, ao vivo, em universidades de renome.

O mais recente evento “Let’s Talk” teve como foco os “Materiais do Futuro” e o papel que os mesmos terão a responder às necessidades da indústria, tais como a redução de peso, tamanho e custos dos produtos. Os convidados desta edição foram Harry Bhadeshia, Professor de Metalurgia da Tata Steel, na Universidade de Cambridge; Martin Rawson, Técnico Especialista em Aços da Rolls Royce; Theo Dingemanns, Professor do Departamento de Ciências Físicas Aplicadas da Universidade da Carolina do Norte, e Steve Lane, Diretor do Departamento de Materiais Metálicos e Cerâmica da SKF. “O aço continua a ser o material predominante na indústria. Atualmente, mais de 1,7 biliões de toneladas de aço estão em utilização no mundo inteiro e a expetativa é de que esse volume chegue a 2,8 biliões em 2050”, afirmou Steve Lane. “Medidas adicionais têm vindo a ser tomadas no sentido de desenvolver novos tipos de aço e tornar os processos de produção de aço mais limpos, com vista à redução das emissões de CO2, através do aumento do uso de metais reciclados. Entretanto, a importância de reforçar a mistura de materiais é cada vez maior para os engenheiros de projeto, que exploram novas possibilidades para a utilização de cerâmica, materiais compostos, polímeros e ligas leves, desde que, é claro, as mesmas sejam técnica e economicamente viáveis para substituir o aço”, disse ainda.

Os vídeos dos simpósios estão disponíveis no canal da SKF no YouTube. Informações adicionais podem ser consultadas na página www.skf.com ou seguindo a hashtag #LetsTalkSmartFutureMaterials no Twitter, Facebook, LinkedIn e Instagram.

www.skf.pt