RoboFly, o “robot-mosca” que opera sem fios

Um grupo de engenheiros da Universidade de Washington, em Seattle (EUA), desenvolveu o primeiro modelo funcional de “robot-mosca que opera sem fios. O resultado da pesquisa será apresentado em 23 de maio na Conferência Internacional de Robótica e Automação, que acontece em Brisbane, na Austrália.

De acordo com os criadores do projeto, máquinas com estas caraterísticas podem ser úteis em tarefas que consomem muito tempo do homem, como inspecionar o crescimento de plantações ou detetar fugas de gás. Outra vantagem é a financeira: robots deste tamanho são baratos e conseguem aceder a locais de difícil acesso para drones maiores.

Batizado de RoboFly, o robot-mosca é um feito tecnológico, nomeadamente pelo seu reduzido tamanho e pela forma como levanta voo (como é muito pequeno para ser equipado com hélices, bate as asas para voar).

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*