ABB: crescimento rentável

Durante o 1.º trimestre de 2018, a ABB registou um crescimento de 1% da faturação em comparação com o mesmo período do ano anterior. A empresa registou neste período um EBITA operacional de 1060 milhões de dólares, além de um lucro líquido de 572 milhões de dólares, 21% mais baixo em dólares, o que não inclui a receita obtida com os desinvestimentos realizados durante o ano de 2017. Por outro lado, o lucro por ação de 0,31 dólares implicou um aumento de 11%.

Em relação à entrada de encomendas, a ABB obteve um aumento de 6% em todas as divisões durante este período e as encomendas base aumentaram 5%, refletindo o crescimento em todas as regiões. As grandes encomendas representaram 10% do total, mantendo a tendência de 2017. Por região, a entrada de encomendas na Europa foi beneficiada por setores como o do transporte ferroviário, naval e indústrias de processos. Apesar do total de encomendas ter diminuído em 3% durante este trimestre, países como Espanha, Suíça, Noruega e Alemanha destacaram-se na sua atividade. Da mesma forma, as encomendas base aumentaram 2%. Ulrich Spiesshofer, CEO da ABB, disse: “Começamos 2018 com um crescimento de encomendas em todas as divisões, melhorámos a faturação e os resultados operacionais, a integração da B&R está a progredir positivamente e estamos a integrar rapidamente a GE Industrial Solutions, que esperamos que aconteça no 2.º trimestre de 2018.”

ABB, S.A.
Tel.: +351 214 256 000 · Fax: +351 214 256 247
comunicacao-corporativa@pt.abb.com · www.abb.pt