Projeto GEN10S Portugal ensinou 4000 crianças a programar

Cerca de 4000 alunos, dos 5.º e 6.º anos, e mais de 500 professores, de 62 escolas de todo o país, incluindo as ilhas, concluíram a sua formação em linguagem de programação Scratch no âmbito do projeto GEN10S Portugal, uma parceria entre a SIC Esperança, a Google.org e a fundação Ayuda en Acción, que contou com o apoio do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), a quem coube a conceção e coordenação nacional do curso.

O projeto teve como principal objetivo promover a igualdade de oportunidades na área digital e reduzir barreiras socioeconómicas e de género, permitindo também fomentar a criatividade e a autonomia, dando às crianças a liberdade de transformarem as suas ideias e projetos em produtos digitais concretos, em vez de serem apenas consumidoras de tecnologia.

Mercedes Balsemão, Presidente da SIC Esperança, destacou as componentes de “integração social e tecnológica e de inovação educacional” do GEN10S.

Maria Margarida Encarnação, professora de uma escola do Barreiro, que teve a seu cargo uma das seis turmas envolvidas no projeto, realçou a recetividade dos alunos e elogiou “o apoio aos docentes, o acompanhamento, a formação”, bem como a programação Scratch, “uma ferramenta de trabalho impressionante, com muitas potencialidades para explorar os vários conteúdos programáticos”.

Por seu turno, Bernardo Correia, diretor da Google Portugal, incitou os mais novos a “nunca deixar de sonhar” e a usar os computadores, “não para distração e entretenimento, mas como forma de materializar a vossa criatividade, de criar coisas que nunca existiram até agora”.