Pilz: Revolution Pi – um sistema aberto e modular baseado em Raspberry Pi para redes industriais

Pilz Industrieelektronik, S.L.
Tel.: +351 229 407 594
info@pilz.pt · www.pilz.pt

A Pilz introduziu no mercado o Revolution Pi da Kunbus para redes industriais. Este dispositivo baseia-se no Raspberry Pi, um sistema desenvolvido para o ensino com um elevado nível de impacto e capilaridade a nível privado ou específico. Para o Revolution Pi foi desenvolvida uma placa especialmente concebida para poder ser utilizada em aplicações industriais. Por isso a sua principal utilização é o Industrial Internet of Things (IIoT) como gateway e, por isso, permite enviar informação desde um PLC até à cloud. Graças a este funcionamento é possível aceder aos dados da instalação automatizada a partir de qualquer canto do mundo, utilizá-los em múltiplas instalações e avaliá-los para otimizar os processos.

Para o hardware, os dispositivos básicos do RevPiCore podem ser ampliados através de módulos de entrada e saída, tanto digitais como analógicas. Além disso podem utilizar os diferentes módulos de comunicação em função dos requisitos específicos de cada aplicação. O Revolution Pi utiliza o módulo de controlo (CPU) Raspberry Pi Compute, uma versão do Raspberry Pi concebida para poder ser conectada dentro de outras placas de hardware. O Revolution Pi executa o sistema operativo Raspbian Jessie ou Stretch, com uma modificação efetuada por Kunbus para trabalhar em tempo real. Graças ao seu conceito de código aberto, o sistema permite a instalação de inúmeros softwares compatíveis com a plataforma Raspberry Pi e S.O. Linus/Debian. De forma complementar incorpora o PiCtory para a configuração dos seus módulos de expansão de hardware. Através da interface WebServer que funciona com uma direção IP, o conjunto oferece a possibilidade de aceder a diversas ações como a configuração de módulos ou a definição dos nomes das entradas e saídas, entre outros.