Contrinex
Redes de comunicação de dados - 1ª parte

Redes de comunicação de dados – 1ª parte

Uma rede de dados é utilizada para transmitir informações entre os diversos equipamentos (computadores) interligados através de um sistema de comunicação digital.

Redes de dados

Define-se uma rede de dados ou rede informática como sendo um conjunto de elementos (geralmente routers e switchs) ligados entre si segundo uma dada topologia que reflete os principais fluxos de dados que a possam percorrer. Esta é utilizada para transmitir informações entre os diversos equipamentos (computadores) interligados através de um sistema de comunicação digital.

Cada elemento da rede desempenha uma função específica que passa pela administração, o controlo e a gestão de dados.

Os routers funcionam como interfaces do sistema, portos ou subinterfaces, fazendo a gestão das filas e das tabelas de routing e de indexação de etiquetas. A informação circula ao longo da rede através dos dispositivos eletrónicos de computação (nós da rede) segundo um conjunto de regras (protocolos de rede) para partilhar informação, serviços e recursos físicos numa interligação multiponto (Multipoint ou Multidrop). Os exemplos mais comuns das redes de dados ou de computadores são a Internet, a Intranet de uma organização, as redes domésticas, entre outras.

Topologias das redes de comunicação.
Figura 1. Topologias das redes de comunicação.

Assim, a transmissão de informação entre os diversos pontos pode ser realizada com recursos a uma banda dita base ou através de uma base larga quer seja em modo assíncrono ou síncrono. Dito de outro modo, as redes são utilizadas para estabelecer comunicações entre os diferentes equipamentos informáticos e todos os possíveis periféricos integrados num sistema muito mais amplo que é a comunidade de utilizadores.

No que respeita à topologia física de uma rede esta pode ser descrita como o meio como os computadores se encontram interligados. Assim sendo, poderemos encontrar cada um dos nós (computadores) distribuídos segundo um determinado layout físico que vai desde a ligação ponto-a-ponto (peer-to-peer, P2P) – onde a comunicação passa por todos os computadores, em barramento (bus) – onde a comunicação é realizada por broadcast, em anel – com a garantia de eficiência na transmissão, em estrela – onde a informação é centralizado no elemento central da estrela, em árvore – em que os ramos menores da rede partem do elemento central, híbrida – constituída por várias topologias que são adotadas em função do ambiente, entre outras.

Adriano A. Santos
Departamento de Engenharia Mecânica
Politécnico do Porto

Para ler o artigo completo faça a subscrição da revista e obtenha gratuitamente o link de download da revista “robótica” nº131. Pode também solicitar apenas este artigo através do email: a.pereira@cie-comunicacao.pt

Artigo sobre Redes de comunicação de dados
Translate »