Contrinex
linhas

Máquinas e linhas de produção

O dossier “Máquinas e linhas de produção” é composto pelos seguintes artigos…

Num contexto de competitividade industrial em que os prazos de aceitação dos produtos, mesmos que tecnológicos, se tornam cada vez mais reduzidos há a necessidade de um controlo mais ágil e eficiente dos diversos parâmetros produtivos. Neste sentido as cadeias produtivas terão de ser capazes de dar respostas às rápidas alterações dos produtos, modelos e formas, adaptando, rapidamente, todos os parâmetros da produção de modo a minimizar os tempos de setup. Naturalmente que a diminuição dos tempos de arranque de uma linha de produção ou de um qualquer equipamento se traduzirá no aumento de produtividade, mas nem só de setups, vivem as linhas. Assim, há que ter em conta que a gestão e o controlo eficiente de uma linha de produção não passa só pela atuação direta sobre as máquinas, mas também sobre toda a envolvente do processo produtivo. Fatores como a qualidade do produto, sua rastreabilidade, recolha e tratamento de dados e, a base de todo os sistemas económicos, os custos associados são dados fundamentais para a tomada de decisões dos diversos órgãos de direção quer sejam de gestão, de produção, de manutenção, entre outros.

Perante um cenário de competitividade cada vez mais aguerrido, e a necessidade de não só produzir com valor acrescentado, mas também com fatores diferenciadores, a informação disponibilizada, muitas vezes em tempo real, irá assumir um papel preponderante. A digitalização, a Indústria 4.0 e a IoT, claros impulsionadores dos setores industriais, permitem reduzir consideravelmente os tempos de desenvolvimento, investigação e de design dos produtos, da I&D, graças não só à elevada quantidade de informação recolhida e analisada, mas também às diversas ferramentas disponibilizadas que permitem prever falhas, sugerir melhorias e minimizar custos. Se por um lado os operadores poderão ter uma ação direta sobre determinados parâmetros de funcionamento do equipamento por que são, de algum modo, responsáveis (utilização de sistema de comunicação homem máquina (HMI) para o ajuste de parâmetros como a temperatura, a velocidade, entre outros) os dados recolhidos diretamente dos processos produtivos e armazenados na Cloud, permitirão a otimização dos processos produtivos. A IoT, a Indústria 4.0 e o Big Data, suportados por sistema de comunicação industriais, recolherão e tratarão toda esta informação, que deve ser gerida por plataformas digitais nas quais se integram tecnologias como o Cloud Computing, o Machine Learning e a inteligência artificial todas elas interagindo como uma rede de comunicação única funcionando em uníssono quer ao nível da administração que ao nível do chão de fábrica.

Adriano A. Santos

O dossier Máquinas e linhas de produçãoé composto pelos seguintes artigos:

  • A utilização de interfaces HMI nas Linhas de Produção
  • Revolução 4.0: como essa revolução já impacta na indústria e na forma como a sociedade ganha dinheiro
    • Leila de Oliveira Duarte
  • A inovação na lubrificação para o aumento da produtividade
  • O papel dos fabricantes de máquinas no contexto atual
    • Alexandre Monteiro, Marketing OEM Channel Manager & Business Developer, Industry Operational Market, Schneider Electric Portugal
  • Acionamentos para a produção na indústria das bebidas
  • Conetividade na Indústria 4.0

Para ler o dossier completo faça o download gratuito da revista “robótica” nº118. Verifique o seu email após o download. Pode também solicitar apenas um artigo através do email: a.pereira@cie-comunicacao.pt

dossier

      Selecione as sua(s) área(s) de interesse

      Utilize a tecla Ctrl para selecionar mais que uma opção

    Outros artigos relacionados

    Translate »