Contrinex
E chegou ao fim mais uma edição da RoboParty.. mais um sucesso!

E chegou ao fim mais uma edição da RoboParty.. mais um sucesso!

A 16.ª edição da RoboParty foi um autêntico sucesso com participação de quase 450 jovens em 111 equipas inscritas provenientes de vários países.

A 16.ª edição da RoboParty que decorreu nos passados dias 21 a 23 de Março na Universidade do Minho em Guimarães, sagrou-se em mais um sucesso com um aumento no número de equipas participantes. Este evento é organizado pelo Laboratório de Automação e Robótica da Universidade do Minho e pela botnroll.com (spin-off da Universidade do Minho). Esta edição contou com quase 450 jovens em 111 equipas inscritas, 4 vindas de Espanha, 4 vindas do Brasil, e as restantes provenientes de todo o continente.

O programa contou com uma sessão de abertura solene, onde esteve presente o Reitor da Universidade do Minho, Rui Vieira de Castro, e a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Adelina Paula pinto, o Presidente da Escola de Engenharia, Pedro Arezes, entre outras individualidades. Todos os elementos salientaram a importância deste evento quer a nível tecnológico, quer a nível educacional, quer mesmo pela idade jovem dos participantes e da importância para o seu futuro.

O evento teve uma primeira formação sobre construção da placa controladora e soldadura de componentes eletrónicos”, seguiu-se a entrega dos componentes eletrónicos e mecânicos para construção do kit 100% Português e compatível com Arduino, o robot Bot’n Roll ONE A, desenvolvido pela botnroll.com. Posteriormente os participantes deram início à construção do robot e em poucas horas este já estava montado pela maior parte das equipas. Os participantes puderam, em paralelo, desfrutar de algumas atividades lúdicas e desportivas como torneio de ténis de mesa, Peddy Paper, Tiro ao Arco, Treino Funcional, basquetebol, torneio de xadrez, entre outros. Os professores inscritos na formação acreditada assistiram ainda à formação em MatLab e Simulink proferida por Ascension Vizinho-Coutry (representante Europeia da MathWorks), que demonstrou ainda uma nova biblioteca desenvolvida propositadamente para o robot botnroll.

Após o jantar houve uma atividade de entretenimento, com as tunas: Tun’Obebes – Tuna Feminina de Engenharia da Universidade do Minho e a Afonsina – Tuna de Engenharia da Universidade do Minho, e a Afonsina – Tuna de Engenharia da Universidade do Minho. Os participantes continuaram a trabalhar noite dentro e uma boa percentagem ficou mesmo a noite toda a trabalhar, com muita alegria e boa disposição, tal era a vontade de ver o robot construído e programado. Quem cedia ao cansaço descansava em saco-cama e em camas disponibilizados para o efeito no próprio local, numa área do pavilhão denominado RoboHotel.

No segundo dia decorreu a formação sobre programação de robôs “Arduino IDE” e de seguida, os participantes começaram a programar o seu Bot’n Roll ONE A. Esta linguagem foi muito apreciada e facilmente aprendida. Da parte da tarde, os robots já estavam programados, e decorreram dois desafios robóticos “Obstáculos” e “Race of Champions. O desafio foi extremamente renhido e o público esteve sempre presente em grande quantidade. Após o jantar alguns participantes ainda conseguiram manter-se acordados durante a segunda noite consecutiva, embora em menor número.

No terceiro dia de manhã decorreu o desafio “RoboParty Fun Challenge, onde cada robot tem de empurrar dezenas de bolas de ténis de mesa para o campo adversário, dependendo esta prova não apenas do robot mas também da destreza do participante. Os treinadores de bancada eram muitos e foi uma diversão completa.

Após o almoço na cantina da Universidade do Minho, deu-se início ao desafio de Dança, com muito público a assistir, e onde praticamente todas as equipas participaram, o que demonstra o grau de sucesso na construção dos robots. Aqui os participantes mostraram a sua imaginação e criaram robots belíssimos, que dançavam ao ritmo da música. Um júri composto por 8 elementos deu a sua classificação. No final foi tirada uma foto a todos os robots. As fotos estarão brevemente disponíveis no website da RoboParty em www.roboparty.org

Por fim decorreu a entrega dos prémios aos 3 primeiros classificados de todos os desafios desportivos e robóticos. De salientar, a classificação das 4 provas Robóticas:

Obstáculos

1.º – EpraTeamEsc. Prof. do Alto Lima – EPRALIMA (Ponte da Barca)
2.º – EpraExpertEsc. Prof. do Alto Lima – EPRALIMA (Ponte da Barca)
3.º – Todos PessegosAgrup. Esc. Tomaz Pelayo

Race of Champions

1.º – EpraTeamEsc. Prof. do Alto Lima – EPRALIMA (Ponte da Barca)
2.º – EpreaExpertEsc. Prof. do Alto Lima – EPRALIMA (Ponte da Barca)
3.º – Freamunde4Agrup. Esc. D. António Taipa

RoboParty FUN CHALLENGE

1.º – SARilhosParticular – botnroll
2.º – Eletro_scriptAgrup. Esc. Valdevez
3.º – EpraTeamEsc. Prof. do Alto Lima – EPRALIMA (Ponte da Barca)

Dança

1.º – os gARANHÕESEsc. Prof. do Alto Lima (Ponte da Barca) Escola Sec. Martins Sarmento 2 equipas da Agr. Esc Prof. Carlos Teixeira  
2.º – Robo ApaixonadosEsc. Prof. do Alto Lima (Ponte da Barca) Particular – botnroll 2 equipas da Escola Sec. Barcelinhos
3º – Los TchachosAgrup. Escolas D. Diogo de Macedo

Importa realçar que a RoboParty deu formação certificada a 63 professores, com 30 horas de formação, 1.2 unidades de crédito, através do Centro de Formação Francisco de Holanda.

Para além dos vários patrocinadores, destaca-se o empenho dos cerca de 70 voluntários alunos de Eletrónica Industrial, para além de cerca de 40 outros elementos na organização.

Para mais informações: www.roboparty.org

Reveja alguns momentos da 16.ª edição da RoboParty

RoboParty
Tel.: +351 253 554 214
roboparty@roboparty.com · www.roboparty.org

Translate »