Contrinex
produção de sensores de pressão de silício

Aumento na produção de sensores de pressão de silício

A Endress+Hauser aumentou o Stshnsdorf Technology Park em Berlim, num investimento de mais de 12 milhões de euros.

A Endress+Hauser aumentou o Stshnsdorf Technology Park, centro de competência para sensores de pressão de silício em Stahnsdorf, perto de Berlim, na Alemanha, num investimento de mais de 12 milhões de euros. Esta expansão incluiu uma nova sala de produção para responder à crescente procura por instrumentação de pressão de silício e ainda um novo edifício de escritórios e laboratórios, bem como uma grande área exterior e estacionamento adicional. A inauguração ocorreu no dia 29 de abril na presença de clientes, parceiros e representantes da indústria e da política.

Além do desenvolvimento e fabrico de sensores de silício há muito conhecimento. Os clientes da Endress+Hauser em todo o mundo beneficiam de muitos anos de experiência aqui em Stahnsdorf”, referiu Matthias Altendorf, CEO do Grupo Endress+Hauser. Os elementos do sensor fabricados em Stahnsdorf são componentes importantes em instrumentos de pressão de alta qualidade montados na Alemanha, Estados Unidos, China, Índia e Brasil. A produção ocorre em salas limpas que respondem aos mais altos standards.

Em 2021, cerca de 375 000 elementos de sensor foram produzidos em Stahnsdorf. Há 5 anos, esse número não era nem metade. O aumento da capacidade de produção traz consigo uma necessidade correspondente de profissionais. “Em 2017, anunciamos que pretendíamos duplicar o número de funcionários no local nos próximos anos. E mantivemos essa promessa. Desde então, criamos e preenchemos cerca de 100 novos cargos, tanto em produção como em desenvolvimento”, disse Martin Laqua, Diretor-Geral da Endress+Hauser em Stahnsdorf. “Mais pessoas exigem um maior espaço. É por isso que expandimos não apenas a produção, mas também criamos estações de trabalho de escritório e laboratório adicionais, salas de reuniões e um restaurante para funcionários.” No exterior existem mais de 5500 m2 de áreas com 500 árvores e 5000 arbustos e plantes perenes, em jardins denominados Spreewald e Havelland que servem como áreas de encontro e descanso.Queríamos oferecer aos nossos funcionários e hóspedes uma atmosfera verde aqui, como num parque”, disse Peter Selders, Diretor Administrativo da Endress+Hauser Level+Pressure. Essa intenção também foi confirmada pelo júri do Brandenburg Garden Competition: a instalação, na qual foram plantadas deliberadamente espécies regionais de árvores e arbustos, recebeu o prémio de 2021 para o jardim mais bonito de uma zona comercial. O conceito foi projetado e implementado pelo estúdio de arquitetura paisagista local Marcel Adam.

Endress+Hauser Portugal, S.A.
Tel.: +351 214 253 070 · Fax: +351 214 253 079
info.pt.sc@endress.com · www.pt.endress.com

Translate »