Contrinex
Docente da Universidade de Coimbra eleita presidente da Sociedade Portuguesa de Materiais

Docente da Universidade de Coimbra eleita presidente da Sociedade Portuguesa de Materiais

Sandra Carvalho foi eleita por unanimidade como presidente da Sociedade Portuguesa de Materiais (SPM) para o biénio 2023-2025.

Sandra Carvalho, professora catedrática do Departamento de Engenharia Mecânica (DEM) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), foi eleita por unanimidade como presidente da Sociedade Portuguesa de Materiais (SPM) para o biénio 2023-2025.

“A liderança da SPM é um desafio completamente diferente dos assumidos até ao momento na minha carreira, apesar de que chegar a este cargo seria natural, uma vez que iniciei a atividade no Conselho Diretivo da associação como vogal durante 2 mandatos, sendo nos últimos 4 anos a vice-presidente”, refere Sandra Carvalho.

Neste mandato os novos Corpos Sociais da SPM eleitos pretendem seguir 3 grandes linhas de ação que pretendem congregar a comunidade “dos materiais e assim, tornar-se uma voz ativa junto de decisores políticos e económicos, tecido empresarial e sociedade civil, implementar estratégias para aumentar o dinamismo e a sustentabilidade económica da SMP, caminhando para a sua profissionalização a médio prazo, e ainda, promover a importância da ciência e engenharia dos materiais como pilar do desenvolvimento sustentável, aumentando a identificação dos sócios com a associação.

“Tendo tido um percurso científico de mais de duas décadas na área da Ciência e Engenharia dos Materiais, claramente que me identifico com a missão da Sociedade Portuguesa de Materiais, e, nesse sentido, considero que poderei ser útil nessa missão”, observa a catedrática, que aceitou este desafio por acreditar que lidera uma “equipa forte, dinâmica e de confiança” que a ajudará a implementar o programa de ação validado pelos sócios em eleição.

“Muitos serão os desafios a superar, mas destaco a sustentabilidade financeira da Sociedade, a crise na formação em Engenharia de materiais pela pouca procura por parte de novos estudantes e o desenvolvimento de novos materiais para responder às atuais preocupações ambientais e energéticas”, salienta a docente, acrescentando que para atingir todos estes objetivos“ irá alinhar a sua estratégia em cinco vetores fundamentais, designadamente interface com a indústria, financiamento e internacionalização, formação em materiais, comunicação e divulgação e divisões técnicas”, conclui.

A Sociedade Portuguesa de Materiais é uma associação de índole técnica e científica, sem fins lucrativos, que tem como objetivo promover, de forma independente, o conhecimento na área dos materiais e relevar a sua importância no desenvolvimento económico e social, congregando as partes interessadas.

Translate »