Contrinex
Projeto GermIrrad da SpinnerDynamics, UA e FEUP premiado pela ANI

Projeto GermIrrad da SpinnerDynamics, UA e FEUP premiado pela ANI

A equipa do projeto GermIrrad que o concebeu o robot que desinfeta espaços garante que é eficaz, ecológico e económico e foi concebido para atuar em prol da biossegurança em diversos espaços.

O projeto GermIrrad – do consórcio liderado pela SpinnerDynamics, uma startup tecnológica com sede em Arouca, e que envolve a Universidade do Porto (FEUP), e o Grupo de Robótica do Instituto de Engenharia Eletrónica e Informática de Aveiro (IEETA) da Universidade de Aveiro (UA) – foi distinguido com o Prémio Inovação atribuído pela Agência Nacional de Inovação (ANI). Este projeto consiste num robot que desinfeta espaços e funciona autonomamente recorrendo a soluções não nocivas para a saúde humana.

O robot está capacitado para mapear o ambiente, determinar uma trajetória eficiente de desinfeção, executar essa trajetória de forma segura e evitar o impacto com humanos. Está preparado para fazer a desinfeção de espaços públicos, mesmo quando estes estão a ser usados por pessoas, através de radiação ultravioleta e soluções químicas não nocivas para a saúde humana. A equipa do projeto GermIrrad que o concebeu garante que é eficaz, ecológico e económico e foi concebido para atuar em prol da biossegurança em diversos espaços. O fabrico do sistema será feito com recurso a fabrico aditivo de polímeros e compósitos de matriz polimérica de alta performance, de forma a assegurar a viabilidade económica e a competitividade desta solução altamente tecnológica.

A UA é um claro especialista na robótica, especialmente em navegação social, dada a reconhecida experiência do professor Nuno Lau (coordenador do Grupo de Robótica do IEETA). Como tal eram as pessoas certas para abraçar o projeto e permitir que as soluções desenvolvidas fossem autónomas ao integrar de forma eficiente numa plataforma robótica”, apontou Daniel Braga, um dos responsáveis pela SpinnerDynamics, em agosto de 2023.

A empresa desenvolveu a tecnologia de desinfeção sinergética, com radiação germicida, Far-UVC e substâncias fotocataliticas, e fez também a integração da tecnologia na plataforma robótica.

“O mercado de equipamentos de desinfeção com recurso a radiação ultravioleta é apontado a um mercado de elevado crescimento, que, dada a Covid-19 e o risco atual de novas pandemias, pode vir a ter um crescimento ainda maior”, contextualiza o texto que divulga o Prémio publicado no website da ANI.

O projeto GermIrrad que agora venceu o Prémio de Inovação recebeu já o apoio do COMPETE 2020 no âmbito do Sistemas de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico em Copromoção e em Território de Baixa Densidade, envolvendo um investimento elegível de 597 mil euros o que resultou num incentivo FEDER de cerca de 464 mil euros.

Translate »