Contrinex
robots

Robots colaborativos: aplicações e mitos

Muito se tem falado sobre robots colaborativos e a sua aplicação na indústria.

Muito se tem falado sobre robots colaborativos e a sua aplicação na indústria. As principais marcas de robots estão a apresentar produtos nesta área. Novas marcas aparecem no mercado exclusivamente com este tipo de produtos.

Tenho vindo a ser confrontado com pedidos de clientes, tanto clientes habituais como novos clientes, para desenvolver soluções usando este tipo de robots. Decidi, assim, reunir aqui algumas considerações sobre este tema, para discussão.

Começando pelo início: um robot colaborativo é um equipamento especificamente dimensionado para trabalhar, lado a lado, com um ser humano. Enquanto um robot convencional, por questões de segurança, só pode trabalhar dentro de estruturas que o separem das pessoas envolventes, o seu parceiro colaborativo não precisa destas proteções e pode estar, lado a lado, com os seus colegas humanos.

Estes equipamentos evitam essas proteções envolventes recorrendo a duas caraterísticas essenciais:

  • Funcionam a velocidades inferiores aos robots convencionais;
  • Estão equipados com vários dispositivos e sensores que lhes permitem parar automaticamente quando detetam ou colidem com algum objeto.

Vítor Almeida
Diretor Técnico
Tropimática, Lda

Para ler o artigo completo faça o download gratuito da revista “robótica” nº114. Verifique o seu email após o download. Pode também solicitar apenas este artigo através do email: a.pereira@cie-comunicacao.pt

      Selecione as sua(s) área(s) de interesse

      Utilize a tecla Ctrl para selecionar mais que uma opção

    Outros artigos relacionados

    Translate »