Contrinex
Novas calhas articuladas económicas da igus para aplicações sem suporte

Novas calhas articuladas económicas da igus para aplicações sem suporte

A pensar em aplicações com peso adicional médio a igus modificou o desenho das E4Q para encontrar um equilíbrio entre reduzir o peso desnecessário e manter máxima robustez. Assim surgem as calhas articuladas E4Q.64L. Venha conhecê-las!

Desde os sétimos eixos em aplicações com robots, até às máquinas-ferramenta, as calhas articuladas da série E4Q da igus são comuns nos últimos anos em aplicações exigentes com grandes comprimentos sem suporte e elevado peso adicional. Porque têm largos elos laterais e os 4 batentes por elo que tornam as calhas articuladas muito robustas e o tempo de montagem fica reduzido até 40%, porque as travessas podem ser abertas em segundos, sem ferramentas e apenas com 2 dedos. O problema é que, em aplicações com peso adicional médio (máquinas-ferramentas, máquinas de trabalhar madeira, lavagens de automóveis, entre outros), as calhas E4Q são excessivamente robustas.

Para reduzir os custos, os projetistas da igus modificaram o desenho das E4Q para encontrar um equilíbrio entre reduzir o peso desnecessário e a máxima robustez. Os elos laterais são mais estreitos do que os elos das E4Q, reduzindo, por isso, o peso. O desenho biónico, que dispensa qualquer material que não tenha uma função de suporte de carga, foi mantido.

Os testes no laboratório da igus provam que as calhas articuladas E4Q.64L têm um momento de rutura cerca de 30% maior do que a série 14240, que também é utilizada para aplicações sem suporte. Isto resulta num comprimento até 20% maior com o mesmo peso adicional. Com 4 kg/m, por exemplo, as E4Q.64L conseguem atingir 3,2 metros sem suporte. Os modelos anteriores (E4/light e E4.1) conseguiam apenas 2,7 metros. A relação otimizada entre as dimensões internas e externas, garante espaço suficiente para os cabos de potência e de dados. A altura interior das E4Q.64L é de 64 mm. As calhas articuladas também podem funcionar em 2 direções de flexão, substituindo o elo exterior por um elo especial RBR. Isto permite um raio de curvatura inverso (RBR), o que significa que podem ser feitos movimentos circulares (por exemplo, no eixo 1 de um robot). Embora tenham sido feitos muitos ajustes no desenho, a igus não alterou as travessas das E4Q na versão económica. Isto garante duas vantagens para os utilizadores. Uma delas é o facto de as E4Q.64L poderem ser abertas de forma tão fácil e intuitiva como na versão maior. Existem duas ranhuras nas travessas que permitem que as patilhas de bloqueio sejam abertas com dois dedos. Desbloqueadas em ambos os lados, as travessas podem ser levantadas com pouco esforço. A outra vantagem é que estão disponíveis com uma vasta gama de travessas, as E4Q.64L já podem ser adquiridas em 29 larguras, entre 100 e 500 milímetros, desde o início do seu lançamento no mercado.

igus®, Lda.
Tel.: +351 226 109 000
info@igus.pt · www.igus.pt
pt.linkedin.com/company/igus-portugal
www.facebook.com/IgusPortugal

Translate »