Contrinex
OPC-UA como parte integrante dos controladores da Kistler

OPC-UA como parte integrante dos controladores da Kistler

O protocolo OPC-UA permite a comunicação normalizada entre todos os níveis e periféricos hierárquicos dos sistemas de produção

A maioria dos controladores das nossas prensas de inserção, deformação e corte de componentes (maXYmos BL, TL e NC), além de outros sistemas para a aquisição e processamento de sinal na injeção de plásticos (ComoNeo), disponibilizam atualmente uma consistência e transparência na transmissão de dados de acordo com as exigências da Indústria 4.0. Para tal, recorremos a protocolos de comunicação avançados, OPC-UA (Open Platform Communications Unified Architecture segundo a CEI 62541), bem como outros protocolos: IPM, QDAS®, XML, PDF, CSV e QDA9.

O protocolo OPC-UA permite a comunicação normalizada entre todos os níveis e periféricos hierárquicos dos sistemas de produção. Permite ainda uma fácil implementação em várias aplicações distintas: condição de máquina; otimização plug&work; controlo close-loop; máquinas inteligentes e manutenção preditiva. No caso concreto da indústria de injeção de plásticos, este protocolo presente nos equipamentos da Kistler, está de acordo com o Euromap 77, disponibilizando informação de gestão do processo, valores das grandezas medidas, sincronização e transmissão de dados para sistemas MES (Manufacturing Execution System).

Kistler Iberica S.L., Unipersonal
Tel.: +34 93 860 33 24
luis.soares@kistler.com · www.kistler.com

Translate »